Sejam bem vindos...

Se você chegou até aqui é porque algum motivo teve para isso... seja qual for esse motivo, fico feliz de ter você comigo nesse meu cantinho.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Um desejo enorme de se aventurar...




Sabe aqueles dias que você acorda com vontade de escrever alguma coisa, mas não sabe exatamente o que é? É como se tivesse um turbilhão de coisas passando pela minha cabeça, mas nenhuma delas conseguisse ir para o papel nesse momento. Coisa mais estranha e logo eu que faço da escrita uma maneira de expressar tudo aquilo que por muitas vezes parece transbordar aqui dentro de mim.

Confesso que não ando me reconhecendo ultimamente, mas eu poderia dizer que estou em uma fase extremamente bipolar onde mudo, da noite pro dia, de pensamento, de ideal, de opinião. O vento passa e leva consigo o que era certeza em minha vida há segundos atrás. Que coisa mais estranha, indago eu nesse exato momento a mim mesma. É como diria uma grande amiga minha... Eu estou oscilando entre monstrinha e anjinha... Que coisa mais patética, não é mesmo?

A grande verdade é que anjinha eu sempre fui então hoje o que vejo é a monstrinha querendo, de alguma forma, aparecer na minha vida. É uma espécie de liberdade que a monstrinha busca, uma liberdade aprisionada por anos e anos pela anjinha. E ai, que tal vocês fazerem apostas para ver quem ganha essa briga?

Eu sinto uma vontade de enorme de sair para fazer coisas normais que qualquer pessoa faz com a maior naturalidade do mundo, mas que pra mim sempre foram um verdadeiro bicho de sete cabeças. Ei, quer sair comigo hoje simplesmente para entrar em uma pista de dança e juntos pularmos e como diz o grande roupa nova sentir na sua pele a minha energia quando pegar de leve em minha mão, pois a noite inteira passa em um segundo. E ai, “Do you wanna dance?”

É estranho olhar para mim mesma hoje e não me reconhecer. Eu olho no espelho e o que reflete não parecer ser essa pessoa que eu sempre vi durante toda a minha vida. Como já dizia o grande Guilherme Arantes eu hoje me sinto cheia de charme e com um desejo enorme de me aventurar... revolucionar. Que loucura tudo isso que está se passando na minha mente, no meu coração e em tudo ao meu redor. A grande verdade é que eu só quero REVOLUCIONAR, mas não é porque a monstrinha ganhou um espaço na minha vida que anjinha será dominada. Quero simplesmente viver a vida e encontrar uma maneira de tornar a monstrinha a melhor amiga da anjinha. E ai, será que consigo???

2 comentários:

• Palavras Perdidas • disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
• Palavras Perdidas • disse...

Exatamente como eu me sinto! Êeee minha ídala! Que poder de captar sentimentos heein?! ADORO TUDO QUE VOCÊ ESCREVE! MAS LEMBRE DE UMA COISA.. "Temos que ser 8 ou 80, porque água morna não serve nem pra fazer chá!" HAHHAHA. ;)