Sejam bem vindos...

Se você chegou até aqui é porque algum motivo teve para isso... seja qual for esse motivo, fico feliz de ter você comigo nesse meu cantinho.

sábado, 3 de abril de 2010

Amor não correspondido...


Está pra nascer sentimento pior do que o de amar e não ser amado. A gente se sente totalmente incapaz e é como se nada nesse mundo que viéssemos a fazer fosse realmente nos trazer a felicidade que tanto almejamos. É o mesmo que entrar em uma guerra já com a certeza de que sairemos perdedores. É enfrentar todo o desgaste da batalha sem o animo, força e esperança que temos quando sabemos que ao final podemos sair vitoriosos, pois nesse caso o final já está pré determinado e no final está escrito que continuaremos a amar sozinhos.

Quando estamos apaixonados temos tanto amor em nosso peito que parece que o coração vai explodir e nessas horas nos indagamos: “Como essa pessoa pode não querer receber um sentimento tão puro e sincero como o que tenho a oferecer?” É como oferecer chocolate a um chocólatra e essa pessoa simplesmente dizer que não quer. É incoerente, é inaceitável e pensamos nesse momento que a marca do nosso chocolate deve ser realmente imprestável, pois como uma pessoa pode se negar a receber esse presente?

Ninguém é obrigado a amar ninguém, isso é um fato. Amor simplesmente acontece, mas não faz o mínimo sentido ele não acontecer quando somos nós que estamos apaixonados. A grande verdade é que quando a gente ama nos tornamos bobos e um simples gesto da pessoa amada torna-se tão grandioso a ponto de fazermos daquele momento o melhor de nossas vidas. É como já disse uma vez e vou repetir, o amor , principalmente o não correspondido, contenta-se em viver de migalhas. Se o fulano sorriu para você então o seu dia simplesmente é perfeito, mas na verdade aquele sorriso e nada é a mesma coisa, pois o fato de ele não te amar não vai mudar com um simples sorriso amarelo.

Ouvir musica mela cueca? Nossa! Acho que é o que mais se escuta nesses momentos em que estamos com tanto amor para dar e nada para receber. Digamos então que a Ana Carolina berra dizendo “Eu quero te roubar pra mim...”, os olhos simplesmente se enchem d’água ao imaginar uma serenata debaixo da sua janela ao som de roupa nova dizendo “Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir...” Nossa! Tem tanto açúcar aqui que parece que virou um verdadeiro melado, mas e daí se você não tem problema algum com diabete?

Nessas horas o que não nos faltam são conselhos e pode acreditar que o mais obvio nesse momento é aquele que diz que você deve seguir a sua vida em frente e esquecer esse grande amor. Eu concordo que é algo extremamente sensato a ser feito quando amamos e não somos amados, mas será que dá pra vir junto com o conselho um guia prático de como devemos agir para atingir tal meta?’


Depois de tudo isso que eu disse eu peço então que vocês reflitam e pensem em uma mulher de 29 anos de idade que nesse exato momento está se comportando como se fosse uma menina de 2 anos que acaba perceber que Papai Noel não vai lhe trazer o presente que ela tanto esperava receber na noite de natal. Me sinto ridícula por estar vivendo tal infantilidade! Dói tanto aqui dentro do meu peito que a única força que ainda me resta é a de clamar a Deus para que ele olhe por mim e como diz Fernanda Brum “Estou clamando, estou pedindo, só Deus sabe a dor que estou sentindo, meu coração está ferido, mas o meu clamor está subindo...”

2 comentários:

Thiago de Melo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago de Melo disse...

Primeiramente, parabéns pelo blog. Muito bem elaborado e com textos que fazem pensar e refletir na vida que levamos.

Embora não seja o confesso da solteiros no RJ, confesso que tive uma grande identificação com o seu último post. Posso imaginar o tamanho do seu sofrimento. Nestes casos, só pedindo forças a DEUS pra erguer a cabeça e seguir em frente. Coisas deste tipo são extremamente complicadas e só o Tempo resolve.

Bjs e força pra ti.
Ps: Eu exclui o 1º coment. pois achei que não estava bom.