Sejam bem vindos...

Se você chegou até aqui é porque algum motivo teve para isso... seja qual for esse motivo, fico feliz de ter você comigo nesse meu cantinho.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Ser humano com manual de instrução ... existe?



Andei pensando sobre a vida e cheguei à seguinte conclusão: tudo seria tão mais fácil se as pessoas viessem com manuais de instrução que fossem capazes de traduzir, em palavras, como é aquele ser ao qual estamos, de certa maneira, querendo comprar realmente funciona. Imagino que isso seria um verdadeiro guia de sobrevivência nessa selva chamada “mundo dos relacionamentos”. Quem em sã consciência compraria algo que não lhe agrada?

A grande verdade é que no mundo dos relacionamentos, como diria minha bisavó, no começo tudo são flores, tudo é extremamente perfeito e vivemos em um verdadeiro conto de fadas. Claro! Você acaba de comprar um produto novo, saindo fresquinho da loja, com aquele cheirinho de coisa nova e, raras as exceções, esse produto jamais vai dar defeito nas primeiras semanas de uso. Passado um tempo, aquilo que era o objeto de seu desejo começa a parar de funcionar, ora está bom ora não está mais e, dessa forma, você vai conhecendo, aos poucos, aquilo que poderia já conhecer antes mesmo de comprar. Estou pensando seriamente em montar uma campanha em prol dos manuais de instrução dos seres humanos, o que vocês acham?

Admito que isso poderia vir a trazer um certo problema porque, como eu já disse, ninguém vai querer comprar um produto mais ou menos, certo? Imagina só, milhares e milhares de pessoas empilhadas na prateleira porque não há comprador para tais produtos. Humm, mas ai é que está o “X” da questão e, novamente usando minha bisavó, eu diria que há sempre um chinelo velho para um pé cansado. Essa é a grande sacada do manual de instrução humano: o que não serve para mim, com certeza vai servir para outra pessoa e isso evitará a formação de pares sem sintonia alguma. A idéia então é: encontrar alguém que esteja na mesma sintonia que a sua, querendo e buscando o mesmo que você!! Sim, eu sei que nesse momento você deve estar me achando uma grande maluca com essa minha idéia de louco, mas quem nunca foi louco pelo menos uma vez na vida? Nada melhor nesse mundo do que sonhar e, cima de tudo, tentar transformar os seus sonhos em realidade.

Ei psiu, eu sei que pode ser tarde, mas confesso que eu adoraria ler o seu manual de instruções para, quem sabe, comprar ou não o produto de uma vez por todas, porque no fundo eu ainda acredito que tudo o que você demonstra ser é apenas da boca pra fora e um bom manual de instruções não trás consigo esse tipo de informação, mas sim os segredos mais escondidos que estão dentro de você e esses eu teria um enorme prazer em desvendar.


4 comentários:

Crow disse...

Manual...hum... acho q isso naum seria tão legal assim... o manual diria como manusear, mas que efeitos isso teria... nunca teriamos as boas surpresas... e acredite, oq mais acaba com os relacionamentos, q eh a monotonia haveria em maior quantidade...naum consertaria os relacionamentos...

Ana disse...

Um manual com as instruções e especificações básicas seria mesmo uma boa idéia, mas desde que o 'produto' pudesse sofrer upgrades. Só sei que relacionamento humano é algo muito complicado e até quando você é supersincero, acaba mal interpretado. Como diz o ditado: Ruim com ele, pior sem ele... Uma salva de palmas pras diferenças, e um caloroso viva pras semelhanças!!!

Solange disse...

Patrícia, compartilho da sua idéia, se antes eu já gostaria de "bula" para as crianças, amei sua idéia de um "manual de instrução" para relacionamentos. Seria como se dar a conhecer ao outro com clareza e sinceridade. Isso seria muito bom. Ótimo texto. Parabéns.

Thiago Zambelli disse...

Na verdade o ser humano tem um manual de instruções. De uma perspectiva, o coração é um deles. Nele estão as motivações, os valores, toda a ideologia que alguém tem sobre tudo e todos. Se soubéssemos isso, então poderíamos saber se queremos ou não "o produto" todo. De uma outra perspectiva, acredito ambas serem corretas, está a Bíblia. Infelizmente as pessoas, mesmo sem a ler, fazem críticas e não enxergam a verdadeira antropologia que tem neste divino compêndio de livros.

Gostei de seu texto e reflexão. Senti-me impelido para escrever este comentário, com a expectativa que pensará sobre isso.