Sejam bem vindos...

Se você chegou até aqui é porque algum motivo teve para isso... seja qual for esse motivo, fico feliz de ter você comigo nesse meu cantinho.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O amor estraga tudo


Quem diria que eu, uma pessoa extremamente romântica e sonhadora, estaria hoje aqui afirmando para quem quiser saber que o amor estraga tudo na vida de uma pessoa. Como diria uma pessoa que conheço e que apesar de tudo sempre será importante na minha vida, mesmo não se dando conta disso, essa afirmativa vinda de mim é um grande paradoxo. Pois bem, digo então que essa frase não é de minha autoria, pois simplesmente estou repassando algo que acabei de ouvir vendo uma novela, mas que eu tive que concordar em gênero, número e grau.

A grande verdade é que por mais cética que uma pessoa possa parecer, cedo ou tarde ela vai sim acreditar no amor. Claro, uns com mais intensidade, outros com menos, mas passar por essa vida sem ao menos sentir o coração pulsar é algo que eu realmente não consigo imaginar. Acreditar em par perfeito é coisa de pessoas sonhadoras, mas amar é um direito de todos nós seremos humanos. Pois bem, se o amor é algo que teoricamente deveria ser uma das maiores maravilhas do mundo, pergunto então porque algo tão sublime pode simplesmente estragar a vida de uma pessoa?

Com base no que ouvi hoje digo então que o amor estraga, pois com ele vem à insegura, o ciúme, o medo e tantos outros sentimentos que acabam de alguma maneira trazendo infelicidade para vida de uma pessoa. Quando você ama não é fácil contentar-se com momentos. Sim, momentos! Quem é que nunca viveu momentos especiais, momentos que se fossem possíveis seriam prolongados para o resto de nossas vidas, mas que na manhã seguinte nada mais existe, nada mais é importante. É como diz aquela velha frase que conhecemos “que seja eterno enquanto dure” e viver o momento é exatamente isso, fazer com que aquelas poucas horas, poucos dias sejam simplesmente eternos e jamais pensar no futuro, pois isso não existe, pois o que realmente importa é o presente.

Mas quem disse que uma pessoa que ama age dessa maneira? Não! Quem ama não quer somente um momento, quem ama não quer apenas algumas horas de felicidade, quem ama quer mais e mais e sempre mais. Quem ama vive intensamente um momento, mas não quer viver apenas aquele momento, pois deseja e sonha em fazer daquele momento algo totalmente sem fim. Fim? Essa palavra não existe no dicionário de quem ama, pois quem ama não quer jamais que aquele momento especial tenha fim, pois a eternidade para quem ama é algo que não acaba na manhã seguinte de uma bela noite de amor.

Voltando ao inicio desse texto eu digo que minha posição hoje é sim um grande paradoxo, pois eu acredito que o amor estrague a vida de uma pessoa, eu concordo plenamente com essa teoria moderna que acabei de me deparar, mas não quero fazer parte dessa modernidade, pois amar pra mim é algo que eu não quero seja vivido por poucos momentos, por mais especiais que eles sejam. Amar pra mim é simplesmente estar para sempre ao lado da pessoa que eu amo e se para isso eu tenho que correr o risco de estragar a minha vida eu grito em alto e bom tom para quiser ouvir que estou disposta e encarar tal risco, mas ter o prazer de chegar ao fim e dizer simplesmente que eu amei, amo e vou amar pro resto da minha vida.

Um comentário:

Anarquico disse...

Parabéns por você ser a vida mais
inteligente que encontrei. Pois conhecimento se adquire, agora inteligência é dedução.

Considero os homens burros, e as mulheres egoístas-inconstantes, mudam o tempo todo para saciar seu egoísmo. Sou homem, heterosexual. E você? Qual seu sexo e opção sexual? Você está fora desse padrão lixo.